Duas Rosas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Ha, ha
Dei uma rosa à minha querida
ela quiz mais e dei-lhe duas seguidas
A sua zanga logo passou
Benditas rosas que salvaram nosso amor

O meu amor estava zangado comigo
E entre nós já se falava no fim
Mas eu pensei que uma briga sem sentido
Ia passar com uma flor dada por mim

Então colhi uma rosa encarnada
Logo lha dei, mas ela nem quis saber
Disse-me até que só uma não chegava
Precisa mais p'ra desculpar e esquecer
Eu por amor voltei lá fora ao jardim
Colhi outra e assim fiz o que tinha que fazer

Refrão :

Dei-lhe duas seguidas e a zanga passou
Dei-lhe duas seguidas e ela perdoou
Dei-lhe duas seguidas e com duas rosas
Até amor me chamou

Dei-lhe duas seguidas e a zanga passou
Dei-lhe duas seguidas e ela perdoou
Dei-lhe duas seguidas, benditas rosas
Que salvaram nosso amor

O meu amor estava zangado comigo
E entre nós já se falava no fim
Mas eu pensei que uma briga sem sentido
Ia passar com uma flor dada por mim

Então colhi uma rosa encarnada
Logo lha dei, mas ela nem quis saber
Disse-me até que só uma não chegava
Precisa mais p'ra desculpar e esquecer
Eu por amor voltei lá fora ao jardim
Colhi outra e assim fiz o que tinha que fazer

Refrão:

Dei-lhe duas seguidas e a zanga passou
Dei-lhe duas seguidas e ela perdoou
Dei-lhe duas seguidas e com duas rosas
Até amor me chamou

Dei-lhe duas seguidas e a zanga passou
Dei-lhe duas seguidas e ela perdoou
Dei-lhe duas seguidas, benditas rosas
Que salvaram nosso amor

Dei uma rosa à minha querida
ela quis mais e dei-lhe duas seguidas
A sua zanga logo passou
Benditas rosas que salvaram nosso amor

Refrão:

Dei-lhe duas seguidas e a zanga passou
Dei-lhe duas seguidas e ela perdoou
Dei-lhe duas seguidas e com duas rosas
Até amor me chamou

Dei-lhe duas seguidas e a zanga passou
Dei-lhe duas seguidas e ela perdoou
Dei-lhe duas seguidas, benditas rosas
Que salvaram nosso amor

Canciones más vistas de

Jose Malhoa en Febrero