Enigma

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Quis conter-me, mas não pude
Revoltado com a atitude
Dessa gente original
Que pensa ser incomum
E julga todos por um
E prega sem ter moral

Insensatos pregadores
Esses cruéis detratores
Agem quase sempre assim
São imbecís personagens
Molares das engrenagens
Que vão rouba-la de mim

Nas suas opiniões
Eu tenho dois corações
Cada qual amando mais
Diz alguém mais entendido
Que eu tenho um só, dividido
Em duas partes iguais

Não os temo e nem me assusto
Mesmo sabendo que o justo
Às vezes paga pelo pecador
Pois quem não deve não medra
Atire a primeira pedra
Quem não errou por amor

Canciones más vistas de

Adelino Moreira en Febrero