Entre o Mar e o Sertão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Onde eu nasci tinha rio passando ao léu
No beiral muita manga e caju no chão
Nos pés de pau jandaíra fazendo mel
Em pleno céu aves de arribação

O meu lugar era terra de tabaréu
No areal tinha mar de arrebentação
E pescador da jangada a pescar xaréu
Porque eu nasci entre o mar e o sertão

Mas eu parti levando só meu violão
Fui por aí deixando atrás muita canção
Cantei nas capitais,cantei nos cafundós
Virei a voz do povo e o povo a minha voz
Onde eu vou,vai o mar vai o sertão
Que eu guardei dentro do meu coração


Autor(es): Evaldo Gouveia / Paulo César Pinheiro

Canciones más vistas de

Marcos Lessa en Febrero