É por causa dela

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Se hoje eu choro e sofro sozinho
Se o meu olhar perdeu o seu brilho
É por causa dela

Ela me enfeitiçou
Pintou e bordou
Brincou, me usou
Se hoje eu to do jeito que eu to
É por causa dela

Se agora as noites são frias, vazias
Se o brilho do sol já não contagia
É por causa dela

Se hoje a vida não tem mais razão
Se a minha alegria virou solidão
É por causa dela

É por causa dela
Que eu to assim
Magoado, ferido
Desiludido
Tão infeliz

É por causa dela
Que o meu coração
Está desconsolado
Perdido, tomado
Pela solidão


Autor(es): Eduardo Prado

Canciones más vistas de

Eduardo Prado en Febrero