Escravidão Velada

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Rebanho à vista sem consciência de seu papel,
De sua missão que é gerar lucro na mais-valia
Pro inimigo, o seu patrão.

Homens "cegos", desesperados que não encontram
A solução do sofrimento, da indiferença, da agonia,
Da escravidão.

Um salário mascara tudo e não desperta a população
Para se opor a escravidão velada que o sistema tem
Como filão.

Hei! Vício do caralho
Hei! Acorda espantalho
Hei! Arrebente as correntes
Hei! Vamos nos libertar


Autor(es): Márcio Pigmeu

Canciones más vistas de