É sempre cedo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Que lenta esta manhã que hoje descubro
Tão lenta que nem mesmo a vi chegar
Beijou este lençol com que me cubro
P'ra lenta, de mansinho me acordar.

Ao vê-la, nem a lua quis ficar
Que a noite já tardava em ver o fim
Partiu, numa certeza de voltar
Sem nunca se afastar muito de mim.

Então rasguei o dia sem ter medo
E nem pedi licença para amar
Acorda coração, ainda é cedo
O amor bate-te à porta e quer entrar.


Autor(es): Luis Oliveria / Mafalda Arnauth

Canciones más vistas de

Mafalda Arnauth en Febrero