É Disso Que o Povo Gosta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

A minha sogra chegou na minha,
Casa tocando terror,
Toda vez que ela vem só arruma confusão,
Vive me chamando de sem vergonha,
Que é mim arrumar um emprego e parar de beber,
Ela sempre diz que eu nunca vou ser um cantor sertanejo,
E ainda levou a minha mulher embora,
Se eu sofri e chorei foi por causa dessa marvada,
Essa veia ainda me paga,

Hoje eu sou famoso e dei a volta por cima,
E continuo bebendo todos os dias,
Agora é só pinga com limão,
A que eu mais gosto é aquela de garrafão,
Postei um vídeo na internet foi o maior sucesso,
A minha musica teve mais de cem milhões de acesso,
A que o povo mais gosta é aquela que eu falo da minha sogra,
É disso que o povo gosta barraco e muita confusão.


Autor(es): Rodrigo Magalhães

Canciones más vistas de

Erveleste en Febrero