É do outro mundo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mulher és do outro mundo
Teu olhar profundo, me fascinou de verdade
Não sei se devo declarar, se eu quero te adorar
Com toda sinceridade

Lá na linha auxiliar, toda gente sabe disso
Até dizem que parece, cosa feita ou feitiço
Não me incomodo nem mal digo minha sorte
Meu amor é muito sério, eu não amo por esporte

Minha vida é um livro aberto, eu sou muito conhecido
Incapaz de falsidade, tenho coração ferido
Eu só não posso resistir ao teu encanto
Tenho meu corpo fechado
Fiz as pazes com meu santo

131065


Ficha técnica da faixa
Orquestra Guanabara
Voz: Almirante
Bando de Tangarás

[ Samba carnavalesco - Parlophon 13.290 A - intérprete Almirante & Bando de Tangarás com a Orquestra Guanabara - Revista "É do outro mundo", 13 de junho de 1930 ]


Autor(es): Ary Barroso

Canciones más vistas de

Ary Barroso en Febrero