Encondendo-me Outra Vez

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O jogo começou, não sei qual será o fim
Mas não tenho vontade de seguir
Tenho medo de me ferir outra vez ... e não mais conseguir partir
Seus olhos, nunca param quietos
É elusivo como o ar
Com tantas faces te compondo
Te dou um sorriso
Te dou uma lágrima
Então, me escondo outra vez.

Cada pensamento meu se torna disperso,
E você vai adentrando e ocupando todos estes silenciosos sentimentos
Não posso correr o risco de me afogar
Nada de pular tarde demais pra respirar
Então, me escondo outra vez.

E agora, onde estou?
Escondi-me de mim mesma e não sei mais onde parei os passos
Ficarei aqui até que você me encontre novamente
Me tire então num desencontro encontrado
Coloque-me outra vez na estrada.

E se isto te fizer sentir superior
Se te fizer bem
Pode me chamar de cruel
Até mesmo de malévola
Se te ajudar
Pode dizer que não tenho mais um coração
Eu te afirmo mesmo
O perdi deixado nas mãos de alguém que não o quis
Deve ter jogado fora
E nunca mais o vi.

Me desculpa se magoei
É que sou fugitiva de mim mesma
Mas se sentires mais confiável e seguro
Se vai acalmar tua consciência
Faz-me culpada uma vez mais
Não farei nada além de aceitar
Então, me esconderei mais uma vez ... de mim ... apenas de mim.

Canciones más vistas de

Adja Medeiros en Agosto