Erasmo Carlos

Encontro às escuras

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Ontem eu faltei ao futebol
E ao shopping com os amigos
Desprezei momentos de lazer
E paz tão merecidos

Me furtei da farra apostandando
Em relações futuras
E animado fui ao meu
Primeiro encontro às escuras

Quando vi a deusa em minha frente
Incorporei davinci
Mandando uma mensagem do além
Tentando me dizer

(refrão 1)
Nua, pinte ela nua
Como se fosse sua
Sorrindo afim
Nua, com todas as cores
Sejamos pintores, pinte ela por mim

Humilde eu disse mestre me desculpe
Eu não sou pintor
Não sei se você sabe, na verdade
Eu sou compositor

Ao invés de tintas e pincéis
Eu tenho um violão
E pra eternizar uma mulher
Eu faço uma canção

(refrão 2)
Nua, eu canto ela nua
Como se fosse a lua
Nos braços do sol
Nua, no meu universo
Sorrindo no verso, na paz do lençol

Humilde eu disse mestre me desculpe
Eu não sou pintor
Não sei se você sabe, na verdade
Eu sou compositor

Ao invés de tintas e pincéis
Eu tenho um violão
E pra eternizar uma mulher
Eu faço uma canção

(refrão 2)


Autor(es): Erasmo Carlos

Canciones más vistas de

Erasmo Carlos en Octubre