Escola de Peão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sou um menino que observa tudo
E cada dia é mais uma lição
Com este meu vestibular de vida,
Eu pude entrar pra escola de peão
Eu aprendi viajar de madrugada
E com o sol quente procurar descanso
Deixar o gado ruminar na sombra,
Por sobre a grama a beira de um remanso

A minha escola de peão foi a estrada,
Ei,ei,ei,ei,ei boi
Onde meu pai me ensinou tocar boiada
Ei,ei,ei,ei,ei boi.

É necessário para uma viagem
Das sertanias conhecer a manha
Saber de cór a posição da lua,
E um rio sem ponte que não tem piranha
Quando um cavalo torna-se fogoso,
Pode uma onça estar ali por perto
Tem que saber encantoar o gado,
Senão o estouro da boiada é certo

Paginas verdes de meu livro aberto,
São as campinas onde o gado espalha
Se o berrante repicar errado,
Pro berranteiro é uma grande falha
Do boiadeiro o professor é o tempo,
Porque o tempo é o melhor ensino
O mundo é a sala e os caminhos longos,
Riscos de giz na lousa do destino.


Autor(es): Carlos Cezar / Jose Fortuna

Canciones más vistas de