Estado Maior da Restinga 2011

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

É ruim de aturar
Chegou a tinga
Com a África do Sul que ao mundo conquistou
O mundo é uma bola e rola a emoção
É festa do meu povo campeão

Luz mais deslumbrante de olodumare
Espírito guerreiro, sangue zulu
Nutri do solo africano
Ventre humano, a vida
Firmeza de um baobá,
Garra de um felino
Selvagem a exploração que mudou seu destino
Mistérios do tambor
Miçangas do poder
Savanas deslumbrantes
Cobiça do invasor
Olhar do opressor
Brilham feito ouro e diamantes

Bate no couro do atabaque feiticeiro
Traz a alegria pra todos, povo guerreiro
Nelson exemplo de vida, semeou
Tormentas se fez esperança que ele plantou

Negro clamou igualdade
Branca cruel tirania, resistia
Chama da dignidade
Sol que trará novo dia, contagia
Desfaz as algemas da dor
As amaras da opressão
Refaz o orgulho de um povo
Laços de união
Vem ver meu estado maior
Sambar e cantar madiba
Na pele da cor do Brasil
A restinga se faz tão linda
Ao tom do samba
Alma pura e multirracial
Hoje sob a áurea de madela
Reluz no carnaval


Autor(es): André Diniz

Canciones más vistas de

Wander Pires en Febrero