Estado Maior da Restinga - Samba-Enredo 2001

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Requebra as cadeiras ai
Mascarado também vou ficar
Se mostrar tua face pra mim
Restingando eu vou desvendar

Vem brincar, cantar
Soltar alegria, extravasar
Sou tinga e dai, não vou negar
Outra face na avenida
O cisne hoje vem mostrar

Máscaras em volta
A lenda avançou
No tempo se eternizou
Homens despertam outra personalidade
No afã da liberdade
Bacanais e saturnais
Onde surgiu o carnaval
Consagração ao Deus pan
Permanece ainda o fogo sagrado
Palpitando em nossos corações

Chegando a mãe louca
Já to louco que sufoco
A deusa da folia
Vem brincar no carnaval

A deusa vem brincar no carnaval
A noite em Veneza era tradição
Arlequim e colombina
Prolongavam traição
Traído era pierrô
Praça são marcos era parte do amor


Autor(es): Alex Do Cavaco / Mestre Guto

Las canciones más vistas de

Samba-enredo en Mayo