Skank

Estivador

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Açúcar no cais do porto
É na estiva, é na estiva
As vezes me sinto morto
A alma morta, a carne viva

Podiam me esquecer
É tudo igual, é todo dia

Disputas na estivagem
Viver de amor, calor e briga
El Capo é um bom selvagem
Empurra o fardo com a barriga

Podiam reconhecer
Alguém mais fraco sucumbia
Mas eu aguento a carga do vapor
Sou calejado, sou estivador
Sou estivador

As putas do porto partem
Na convulsão dos dias quentes
Que voltem, que se fartem
Com meu coraçãozinho ardente

Podiam lembrar de mim
Alguém sincero lembraria
Mas eu seguro a carga do vapor
Sou calejado, sou estivador
Sou estivador

Açúcar no cais do porto
É na estiva, é na estiva
As vezes me sinto morto
A alma morta, a carne viva

Podiam me esquecer
É tudo igual, é todo dia

Disputas na estivagem
Viver de amor, calor e briga
El Capo é um bom selvagem
Empurra o fardo com a barriga

Podiam reconhecer
Alguém mais fraco sucumbia
Mas eu aguento a carga do vapor
Sou calejado, sou estivador
Sou estivador

Yeah man
Love is a fishing levitation
Prata, banana, marfim, garapa, madeira, aipim
Muita coisa já passou aqui
Aço pinta no cais, bem mais metais, Minas Gerais
Tudo isso na estiva eu vi!
Parangoleta, Costa, Senegal, sei que existe o bem e o mal
Foi também por isso que eu vim
Tabaco, pato, lago vem e o porco lelê também
Já faz tempo essa mina é pra mim!

Prata, banana, marfim, garapa, madeira, aipim
Muita coisa já passou aqui
Aço pinta no cais, bem mais metais, Minas Gerais
Tudo isso na estiva eu vi!
Parangoleta, Costa, Senegal, sei que existe o bem e o mal
Foi também por isso que eu vim
Tabaco, pato, lago vem e o porco lelê também
Já faz tempo essa mina é pra mim


Autor(es): Chico Amaral / Samuel Rosa