Estou Pronto Pra Outro Round

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

E ae cumpadi?
Ahh muleque, tu não é o rimado?
Tu não é o foda da parada?
Tu não é o que me exculacha?
Então agora segura a pressão !

Por cima do meu nome você quer ganhar espaço
Mas antes de qualquer coisa tu larga de ser cabaço
A minha rima ferve, a sua se esfria
Com essa merda, mal tu vai ganhar um mixaria
Ai eu vejo né? Eu incomodo muita gente
O sucesso cresce, meu nome não sai da tua mente
Eu sigo contente, eu sigo em frente
Rimas ilimitadas eu possuo fortemente
Você pesquisa minhas letras no site do vagalume
Quando ouve moda é foda poe no ultimo volume
E ai sentiu a pressão? Estorei tua caixa de som?
Agora manda indireta, pra tentar chamar atenção
Já faço parte da sua historia, fiquei na sua memoria
Você pra mim é escória, chora
Te humilhar pra mim é lazer
Mete bronca de moço
Mais ainda é BV .

Na hora do combate você vai ficar perplexo
Eu destruo a sua tropa somente com o meu verso
E se quiser tentar comigo, pode vir to tranquilao
E de recordação, com os seus dentes faço um cordão [2x]

Puta recalada, pela saco, tu é meu fã
Deve tá me confundindo com a vaca da tua irmã
Você não tem essência, tá faltando consciência
Te dou locaute, usando metade da minha potencia
Ai já era, terminou, foi assim
Tua fama mal começo e já tá chegando ao fim
Meu físico não é tao bom, mas minha cabeça é preparada
Poucos quilos de gordura, e de rima uma tonelada
Minha produção é caseira, mas ai na moral
Não preciso copiar porra nenhuma do Marechal
Tu sabe de nada e quer vir falar graçinha
Profeta é o caralho, tu não é nem coroinha
Explosão nuclear, é a potência da minha rima
Tipo aquela bomba que destruiu Nagasaki e Hiroshima
Então dá mole mesmo, não segue no preceder
Se der mole o próximo da minha lista é você
Sou careta, não dou mole, contigo nem rola treta
Sua musica foi boçal, totalmente obsoleta
Que fraude, eu sei que tu me aplaude
Clack, bum bum bum
Tô pronto pra outro round

Na hora do combate você vai ficar perplexo
Eu destruo a sua tropa somente com o meu verso
E se quiser tentar comigo, pode vir to tranquilao
E de recordação, com os seus dentes faço um cordão [2x]