Eterna Companheira

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sinto em minha alma um desgosto tão profundo
Na dor imensa que invade os dias meus
Porque aquela que eu amo neste mundo
Sem piedade a sorrir me disse adeus

Eu fiz de tudo pra impedir sua partida
Pedi a Deus pra fazer ela ficar
Mas seu desejo foi deixar em minha vida
Esta saudade ocupando o seu lugar

Às vezes eu penso desprezar minha viola
E para sempre largar mão da cantoria
Mas é cantando que ainda me consola
Em minhas noites tão tristonha tão vazia

Para contar a minha dor o meu tormento
Foi a saudade que me deu inspiração
A melodia representa os amigos
Que sai do fundo do meu pobre coração

Meu coração desiludido desta vida
Foi condenado pela minha triste sorte
E se não fosse esta viola tão querida
Eu já teria procurado a própria morte

Esta viola minha eterna companheira
Não deixarei enquanto vida eu tiver
Porque ela mesmo sendo de madeira
É mais fiel que o coração desta mulher

Canciones más vistas de

Zilo e Zalo en Enero