Ary Barroso

Eu nasci no morro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não tenho queixas da vida
Nem de ninguém
Que nasceu feliz
Pois cada um de nós, neste mundo,
Tem o destino que Deus lhe deu
Não adianta chorar
Não adianta se revoltar
Eu nasci, no morro,
num pobre barracão
De caixão
Vida de cachorro
Pé no chão,
Sem tostão
E depois, segui o meu caminho,
Eu sozinho
Conheci o luxo, a vaidade
Lá da cidade
Meus amores
Não duravam mais que um dia
Eu sofria
Consolava o coração, no meu violão
Afinal, me convenci
Lugar melhor, não encontrei
No morro, eu nasci
E, no morro, eu morrerei

1263-1


Ficha técnica da faixa
Orquestra
Voz: Déo Maia
Regência: Francisco Sergio

[ Samba carnavalesco - Intérprete Roberto Amaral com Osmar Milani e sua Orquestra - Odeon 14.111A ]



[ Intérprete Haroldo de Almeida - Columbia CB11016-A ]


Autor(es): Ary Barroso

Canciones más vistas de

Ary Barroso en Octubre