Fantasía

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Olhando na quarta-feira as ruas vazias
Com os garis dando um jeito em nossa moral
Custei a compreender que fantasia
É um troço que o cara tira no carnaval

E usa nos outros dias por toda a vida
Dizendo: "Olá! Como vai?" e coisas assim
O nó da gravata apertando o pescoço
Olhando o fundo do poço e rindo de mim

Ria, rasguei a fantasia
Ria, queimei a garantia
Ria, tô solto por aí
Doido, eu danço de Pierrot
Triste, morrendo em meu amor
Ria vendo você morrer

Olhando na quarta-feira as ruas vazias
Com os garis dando um jeito em nossa moral
Custei a compreender que fantasia
É um troço que o cara tira no carnaval

E usa nos outros dias por toda a vida
Dizendo: "Olá! Como vai?" e coisas assim
O nó da gravata apertando o pescoço
Olhando o fundo do poço e rindo de mim

Ria, rasguei a fantasia
Ria, queimei a garantia
Ria, tô solto por aí
Doido, eu danço de Pierrot
Triste, morrendo em meu amor
Ria vendo você morrer de rir


Autor(es): Aldir Blanc / João Bosco