Ataulfo Alves

Fenix

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Fenix

Voce que é como eu sou nessa vida
Uma alma desiludida
Que não cre mais em amor
Voce deve ouvir o que lhe digo
Busquemos um novo abrigo
Nas ruinas da nossa dor
Façamos de dois corações perdidos
E dois seres esquecidos
De um ideal triunfante
Há sonhos que nascem dos desafios
É nos cascalhos dos rios
Que a gente encontra o brilhante

Então lembremos o fenix
Que era encantado
E que das cinzas do nada
Sempre ressurgiu depois
Por isso das cinzas desilusões
Que há em nossos corações
Rescucitemos nos dois
Escute-me são iguais nossas desditas
E as nossas almas aflitas
No mesmo destino atroz
Por tanto mais um amor menos um
Não causa transtorno algum
A quem sofreu como nós.


Autor(es): Aldo Cabral / Ataulfo Alves

Canciones más vistas de

Ataulfo Alves en Noviembre