Canção Nativa

Flor de Bagaceira

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Chegou o fim de semana, sinto cheiro de cordeona
De um xixo para bailar
Saio arrastando asa, mirando o ronco das casas
Bem louco pra candonguear
Se uma china me bombeia num já que atemo a peleia
Nunca fui de me achicar
Sou como diz o ditado: gauchão abagualado
Danço tango e sei amar

Se me cambicho me espicho
Num bailador não me micho
Se me tenteia a tirana
China que meto a sonhar
No teu cangote eu cochicho
Este é meu único vício
Eu caborteio a vaneira
Xixando a noite inteira
Bem bagaceira
No ofício de fuzarquear

Tomei um gole de pura, porque inté essas alturas
Já sinto que estou faceiro
Tô com o pouso marcado, tá tudo do meu agrado
É só apagar o candeeiro
E aquela que me apetece no lusco-fusco aparece
Comichando no entrevero
Comigo divide achego me inticando pros pelegos
Porque sou flor de chineiro


Autor(es): Gilmar Silva Da Rosa

Canciones más vistas de

Canção Nativa en Agosto