365

Futuro

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Onde o céu foi azul não há norte e nem sul não há
ódio ou amor nem prazer e nem dor outros mares
outros povos outras cidades homens novos luzes brilham
no chão flores brotam nas mãos grandes olhos na terra
não há nem paz nem guerra não há tempo pra história
nem espaço pro medo não há velhos nem glória
e o sol morre cedo


Autor(es): Finho