Geruza

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Geruza era frenética
Também diabética
Todo dia se masturbava
Na frente do periquito que amava

Ela era feia e desdentada
Gorda e arrombada
Chamavam ela de geruzão
Pelo seu grande cuzão

Come geruza nem fudendo,
Nem se dinheiro tiver valendo
Prefiro fica na mão
Do que come o geruzão

Quer isso?
Geruza e seu periquito
Deve se maior conflito
Quer isso?
Geruza e seu periquito
Deixa eu sair daqui, senão to frito

Geruza, geruza
Uma grande filha da puta
Geruza, geruza
Se masturba com agulha


Autor(es): Bruno Kollár / Dednose / Guilherme Neykova

Las canciones más vistas de

Hangover en Septiembre