Gaúcho Mulherengo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu sou gaúcho e venho lá de fora
Reconhecido como trovador
Tenho um violão que nos meus braços chora
Prá fazer versos não peço favor

O rei do mundo me deu um presente
Cristo senhor que no céu está vivendo
Está idéia prá ser inteligente
Com meus versinhos vou me defendendo

Eu sou sincero e não escondo o jogo
Vejo melhor vou chegando prá perto
Por uma china me atiro no fogo
Falo com jeito prá ver se dá certo

Sou cobra verde marco aonde eu passo
Dizem que sou neto da cobra coral
China bonita que eu morder no braço
Morre de velha com o meu sinal

Sou bom amigo mas ando sozinho
Vivo rolando porque sou redondo
'só de mulher que eu aceito carinho
Gosto de mel mas não sou marimbondo

Eu não nasci de gêmeo com ninguém
Viver solito o meu destino quer
Se me encontrar por aí com algue'm
Pode notar que é uma linda mulher

De uma mulher foi que eu nasci no mundo
E prá uma mulher no mundo viverei
Tem compromisso eu fujo num segundo
Eu sou peitudo mas nunca arrisquei

Mulher casada me cheira defundo
Moça menor tem cheiro de cadeia
]com moça livre eu entro no assunto
Bom é viúva prá evitar peleia.

Las canciones más vistas de

Teixeirinha en Mayo