Gente Torta

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Tu já não gostas de mim
De quem fui de quem serei, quem sou agora
Já não gostas do que fiz
E o que faço e o que farei, tu já não gostas

Tu não gostas do que vez
Tu não gostas do que ouves, nem no que tocas
Já não gostas onde estás
E quem tens à tua volta, tu não suportas

Tens muito gosto em ser assim
Mas a mim o que me choca e me revolta
É saber que é de ti
Perceber que é de ti
Que tu não gostas
E por gostar, tu já nem te esforças

Tu não gostas do que tens
E o que não tens é sempre pouco
E não te empolgas
E o que é bom é sempre aquém
O melhor é sempre o outro, ou vem de fora

Tu não gostas de mudar
Porque o mundo é todo mau, e tu adoras
Ficar só a criticar
E no fundo nada fazes nem melhoras

Tens muito gosto em ser assim
Mas a mim o que me choca e me revolta
É saber que é de ti
Perceber que é de ti
Que tu não gostas
E por gostar, tu já nem te esforças

E se eu não gostar de ti
Se ninguém gostar de ti
É que tu gostas
E eu gosto tanto de gente torta

Canciones más vistas de

Deolinda en Enero