Geração de Cantador (part. Craveiro e Cravinho, Ed e Fábio Cezar)

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Meu avô tocou viola
O meu pai é sertanejo
Fui crescendo com a viola
Sendo aluno dessa escola
Sou feliz, agora vejo

Eu colhi felicidade
Pelos circos e coretos
Pelos campos e cidades
O meu pai cantou verdade
O meu tio fez o dueto

Na casa de Mané Pedro
Foi numa festa de São João
Cantei moda de viola
Cateretê lá do meu sertão
Toada paraguaiana
De mexer no coração
Eu fiz as velhas chorar
E as moças sentir paixão
Eu fiz as velhas chorar
E as moças sentir paixão

Craveiro e Cravinho
Somos fãs e frutos seus
Somos Cezar e Paulinho
Prosseguindo com carinho
A missão que Deus nos deu

O meu pai vive na estrada
O meu tio é companheiro
Enfrentando as jornadas
Noites, dias, madrugadas
E a esperança o tempo inteiro
Uma dupla sertaneja
Que canta desde menino
Um dueto tão bonito
Ecoando no infinito
Maravilha, dom divino

A flor era você
E o feijão era eu
Abraçados um ao outro
Comigo você cresceu

É um dom de pai pra filho
Cantar mensagens de amor
Confirmando as referências
Hoje somos a sequência
Geração de cantador

É um dom de pai pra filho
Cantar mensagens de amor
Confirmando as referências
Hoje somos a sequência
Geração de cantador


Autor(es): Beto Surian / Cezar

Las canciones más vistas de

Cezar e Paulinho en Septiembre