Guerreiro das Águas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vem pra brincar
No festival
Vem cirandar
Com a Guerreiros Mura
No folclóre popular

Vem pra brincar
No festival
Vem cirandar
Com a Guerreiros Mura
No Parque do Ingá

A selva escureceu
Chuva, raios e trovões
Sob a mata se espalhou
Natureza se transforma
Cenários de horror

Os deuses revoltados
Lançam no lugar
Uma imensa tempestade
Onde Ajuricaba está
No centro da mata a caçar

Arrastado pelas águas
Hoje ele está
No Rio Amazonas
Seu habitat (bis)

Valente de nada a temer
Odiado por todos
Pelo jeito de ser
Não sabe viver o amor
No coração só ódio e rancor (bis)

Vem pra brincar...


Autor(es): Adriano / Ailton / Hemanyel / Salomão

Canciones más vistas de

Guerreiros Mura en Febrero