Hoje

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Palavras, que voam como o vento
Sorriso, que abriga um vendaval
A cada momento em você eu procuro à mim

Na minha alma eu sinto você
e,os meus olhos avistam seus olhos,
Eu me deito com a lua
E, renego o amanhecer

Eu compartilho
meus eus
com você
e,não sinto medo
de mergulhar no seu eu
e, me perder.


Receber as sementes das flores
no jardim, onde todas as tardes o sol vem brincar
até a lua repousar seu brilho
no manto de estrelas
no nosso altar.


Autor(es): Angélica Rizzi

Las canciones más vistas de

Angelica Rizzi en Noviembre