Grandão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Porque tenho corpo grande
E uma voz que é um trovão

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Meu negócio é maresia
Calma, meu irmão

Fui tocar uns bailes bem grandes pras bandas do Paraná
Não lembro se foi Realeza, Capanema, foi por lá
Lembro que tinha uns magrinhos pedindo pra nós tocar
E tocar uma discoteca que queriam chacoalhar
E eu que tava de costas, me virei foi só olhar
Te acalma aí o grandão, só tava afim de brincar
Aprendeu a dançar valsa, xote dobrado mas bá
No final do baile disse, na outra eu vou voltar

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Porque tenho corpo grande
E uma voz que é um trovão

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Meu negócio é maresia
Calma, meu irmão

Quando deito ronco alto, como é que não vou roncar
Tenho dois pulmões de boi e esse corpo pra descansar
Minha mulher fica brava, rola pra lá e pra cá
Me manda dormir na sala, vai dormir lá no sofá!
E eu faço cara de bravo, levanto sem reclamar
Pego colchão, travesseiro e saio sem me queixar
Logo depois se arrepende, vem pra sala me buscar
Vem pra cama meu baixinho, deu vontade de nhan nhar

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Porque tenho corpo grande
E uma voz que é um trovão

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Meu negócio é maresia
Calma, meu irmão

Um dia sozinho em casa, deu vontade de viajar
Me mandei de Novo Hamburgo pros parentes visitar
Fui até a rodoviária, quiseram me complicar
Disseram que eu era dois, para duas passagem comprar
Paguei, entrei, fui pra estrada, me deitei pra cochilar
Desconfio que alguém tirou o dia pra aprontar
De certo ligaram dizendo que eu tava pra chegar
Quando cheguei lá nos parente, os parente não tavam lá

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Porque tenho corpo grande
E uma voz que é um trovão

Todos acham que sou brabo
Porque sou desse tamanho
Meu negócio é maresia
Calma, meu irmão

Las canciones más vistas de

Corpo e Alma en Noviembre