Grão de Areia

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Viajo nesse teu olhar
Vivo ensaiando coisas pra dizer
Mas fogem todas as palavras
Eu tremo perco a calma perto de você

Ficar assim já não aguento
É mesmo um tormento viver sem você
Sou viajante sem bagagem
Vou criar coragem para lhe dizer

Que sem você eu sou um barco sem ter mar
Sou beija-flor, sem rosas para beijar
Sou como folha seca que o vento leva ao chão
Na imensidão da areia sou um pequenino grão
Sou uma folha seca que o vento leva ao chão
Na imensidão da areia sou um pequenino grão

Viajo nesse teu olhar
Vivo ensaiando coisas pra dizer
Mas fogem todas as palavras
Eu tremo perco a calma perto de você

Que sem você eu sou uma luz a se apagar
Sou como um pássaro sem poder voar
Sou um poema errado que ninguém quis viver
Sou mesmo um grão de areia na praia a se perder
Sou um poema errado que ninguém quis viver
Sou mesmo um grão de areia na praia a se perder


Autor(es): Bruno De Quitaíus

Las canciones más vistas de

Mastruz com Leite en Noviembre