Homem objeto

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você sempre insulta
Depois pede desculpas
Eu acabo sempre aceitando

É só na hora da cama
Que você diz que me ama
E o bobo aqui acreditando

Mas um dia o jogo vira
Já cansei dessa mentira
Sua hora chegou

Quem dá as cartas sou eu
Tô te dizendo adeus
A nossa história acabou

Já cansei desse joguinho seu
Eu sou muito mas eu
Você ficou pra trás

É o fim, não te quero por perto
Ser homem objeto, nunca mais


Autor(es): João Carreiro

Las canciones más vistas de