Homenagem a Portela de Alberto Lonato

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Graças a deus
O samba vai ganhando espaço
O verdadeiro, samba de fato
Como fazia Alberto lonato.


Grande portelense ele era
Uma fera, na arte de compor
Cantava sambas com amor
Com monarco e claudionor
Candeia, paulo da portela
E as cabrochas
que cantavam alegremente
Saudades elas sentem,
deste nobre professor.


E nos bons tempos do terreirão levantar poeira
No cordão da saideira
Mangueira, estacio, favela
Lendário natal
filho do seu napoleão
Fincou raiz neste chão
Da velha e querida portela.


"os meus olhos vertem lagrimas"
Ainda ecoa, esta linda melodia
Nos redutos do samba da antiga
Reunindo gente amiga
Até o romper do dia.


Autor(es): Dorinho Marques / EMERSON URSO

Las canciones más vistas de

Emerson Urso en Noviembre