Homem Fibra

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Nasci neste mundo com fibra e com raça
Sou neto de índio criado em quiçaça
Só quando me abusam eu façoa arruaça
Sou rei das pernadas aqui nesta praça.

A escola que tive e o mundo que tenho
Não sei onde vou, não sei donde venho
Amigo e parente me serve de espelho
A cor que eu mais gosto é o branco e o vermelho.

Uns certos amigos quiseram provar
A minha destreza pra me derrotar
Armados de faca foram me atocaiar
Com poucas pernadas fiz eles tombar.

Meu corpo é fechado, meu peito é de aço
Meu braço é de ferro que agüenta balaço
Eu sei que algum dia em pó me desfaço
Mais deixo saudade no lugar que passo.

O meu endereço não digo a ninguém
Meu trato são eito conforme eles vem
Se me atiram pedra, eu atiro também
Tenho muitos amores, mas não amo ninguém.

Las canciones más vistas de