Taska

Insano

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Não se aproxime de mim
Eu não sou quem você procura
Eu caminho à deriva
De braços dados com a loucura
Não escute o que eu digo
Eu balbucio fantasias
Eu só repito os versos
Das mais divinas poesias

Eu sou insano

Não siga meus passos
Eu não sei qual é meu destino
Eu só sigo os rastros
Que os mestres deixam no caminho
Minha voz não tem meu timbre
Minhas palavras não me pertencem
Meus assuntos não te iluminam
E o meu abraço não te aquece

Eu sou insano


Autor(es): Leandro Parente