Inveja

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Nos seus olhos armados eu vejo o medo
Medo da rejeição, da pressão, do desprezo
Você faz sempre o mal, sempre quer me destruir
Mas eu não vou me acabar pela sua inveja

Alias, quero te lembrar que minha força vem da luz de JAH
Não vou perder tempo com você
Eu vou seguir e você vai cair

Nos seus punhos cerrados eu vejo a derrota
De um ser acabado sem mente, sem rota
Você só quer me agredir, mas hoje vai recuar
Porque não vou me anular pela sua inveja

Pode tentar debochar, pode tentar denegrir
Mas eu não vou me abalar com a sua inveja


Autor(es): Gil De Abreu

Canciones más vistas de