Imperador do Ipiranga - Samba-Enredo 2005

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

[Enredo: México - Uma viagem introdutória ao Paraíso dos Deuses]

Viajei e conheci o paraíso
Me encantei com uma cultura sem igual
Inspiração para o meu carnaval

Vi as divindades, o respeito à devoção
A vida em sacrifício, forma de adoração
E por ali passaram varias civilizações
A historia de um país em formação

Com ganância assim se fez
A saga de um poderoso império
Mistério, superstição, o fim de uma civilização

Pra virgem negra rezei
E pedi em oração pra abençoar meu pavilhão
Eu vi o índio que um dia sofreu a exploração
E foi raiz da miscigenação

Da fé, a busca pela independência
O povo teve consciência do seu real valor
A paz no coração de quem ficou
A alegria suportando a dor

Vi sedução na arte, seu folclore me conquistou
Cantei, dancei, provei, gostei do bom sabor
Bebi tequila, num brinde à Imperador
É fascinante o bailar das borboletas
No cenário da mãe natureza

A bola na rede, o gol
Na ginga dos deuses o show
Que emoção
Arriba Brasil, um grito explodiu: Tricampeão!


Autor(es): Dom Álvaro / Edimilson Silva / Rick Ramos / Serginho Kate

Canciones más vistas de

Samba-enredo en Enero