Império da Tijuca 2016

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Bye bye menino
Bye bye gigante!
O Império aplaude o artista errante
O tempo ruge e a Sapucaí é grande

Na Tijuca, o céu também se transformou
Senti o cheiro do doce do juá
Chegou a caravana rólidei
E o menino Zé vai te encantar.
Misturou a sua alma às cores
Vida mambembe e seus amores
Entre drama e alegria
Batalhando dia a dia
Crescia um ator "felomenal"
De capa preta ou como veio ao mundo
Conselheiro ou vagabundo
Foi a alma do cinema nacional

Atenção! Tocou a sirene
Nossa cena se abre pra multidão
Hoje o fundo musical
É com a sinfonia imperial

Na luta do bem contra o mal
Ele foi santo, diabo e presidente
Em horário nobre eternizou
O milagreiro do amor.
Hoje eu vou lhe usar, fantasia
Quero cair nesta folia
E consagrar o homem, o gênio, o mito
Colecionador e crítico
Rei da arte de representar
Estrela que hoje brilha no infinito
E a platéia grita bravo! (bravo!)
Seu show vai continuar


Autor(es): Adriana Vieira / Dalton Da Nelci / Jussara Pereira / LID / Luiza Fontella

Las canciones más vistas de

Samba-enredo en Junio