Índio do Uruguai

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu conheci um velho índio
Do Uruguai
Que há muito já foi
Onde a gente não sabe se vai

Conhece a vida trás pra frente
E frente pra trás
Andou nos caminhos do vem
Nas veredas do vai

Eu aprendi com o velho índio
Do Uruguai
Que a vida é de quem corre menos
Em busca do mais

Disse que o mar pára na areia
Me disse que a alma
É mais bonita daqueles
Que a carne é mais feia

Disse que o mar pára na areia
Me disse que a alma
É mais branca daqueles
Que a carne é mais feia

Eu conheci um velho índio
Do Uruguai
Que fez e que faz coisas índias
Que o branco não faz

Me disse que a estrela-d'alva
Assim que sai
É hora de falar ao Filho
Em nome do Pai

Disse que o mar pára na areia
Me disse que a fome do amor
Só o amor
É que serve de ceia

Disse que o mar pára na areia
Me disse que a fome do amor
Só o amor
É que serve de ceia


Autor(es): Arnaud Rodrigues

Canciones más vistas de