Injuriado

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu sou um nêgo injuriado
do cabelo enrolado
do nariz arrebitado
assanhado
humilhado
No entanto, tem tanto que nem eu

Sou um cara afro brasileiro
da cuica e do pandeiro
do batuque no terreiro
sou filho de violeiro
sou o santo
que o Brasil não conheceu

E como um sujeito engajado
de tanto ser maltratado pela vida aprendi

Nada adianta por a culpa no governo
na cultura do estrangeiro que enriquece por aqui

Você tem mesmo é que trabalhar dobrado,
ter os filhos do seu lado, não ter medo de cair.
A tua crença, tua graça e tua dor se você não dá valor quem é que vai te seguir?

Vem cá neguinha vem mostrar seu requebrado
vem sambar nesse gingado que eu não posso resistir
Vem cá pivete joga fora o canivete, pega a bola, deita e rola faz um gol pra eu sorrir
Conheço nego que só fica ali parado dizendo: eu sou culpado, por isso que tá ruim.
Não tem escola, criança pedindo esmola,
fumando crack, querendo cola numa versão tupiniquim.

Canciones más vistas de

Vander Lee en Enero