Já Não Posso Mais

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Adeus, mulher fingida
Eu já vou-me embora
Tu estás arrependida
Já não posso mais
Deus me perdoe pelo que fiz
Deixando abandonada
Aquela pobre infeliz

O teu mau procedimento
Fez meu coração sofrer
E teu arrependimento
Não me pôde comover

Tu encheste meus ouvidos
Com frases de ocasião
Nem sempre os arrependidos
Nos merecem o perdão. (Agora)

Se tu fosses processada
Diante de um auditório
Tu ficavas bem calada
Pois tens culpa no cartório

Há bastantes testemunhas
Do que fui e do que sou
Quando me botaste as unhas
Meu dinheiro se pirou. (Por quê?)


Autor(es): Almirante 1931 / Canuto / Noel Rosa / Puruca

Canciones más vistas de

Noel Rosa en Enero