Ironía

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Se me lembro ainda dói
O fogo da paixão que me queimou
A antiga aflição que me corrói
Que estraçalhou,que me marcou

Até hoje tenho medo de me entregar pro amor
Ora, faça-me o favor

E aí está você
Me procurando em busca de prazer
Dizendo que não sabe me esquecer
Dissimulada é apelido
Me seduzindo com esse seu lindo vestido
Que eu mesmo te dei
Até parece que eu não sei

Tanto tempo, tanto tempo
Por que você surgiu querendo reavivar aquele sentimento
Que eu já enterrei, já superei
E que ironia, hoje eu sei
Que eu te marquei bem mais

Vê se me esquece vê se cresce
O que passou ficou pra trás
Eu não te amo mais

E aí está você
Me procurando em busca de prazer
Dizendo que não sabe me esquecer
Cara-de-pau é apelido
Usando aquele seu perfume preferido
Que eu mesmo te dei
Até parece que eu não sei

Vê se me esquece vê se cresce
Nem uma noite nunca mais
Me dá uma paz

Canciones más vistas de

Adriano César en Octubre