Lago

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Senhor do ser, da manhã
De si imerso no azul
Mas que só sabe ter o poder
Sendo ilha, ilha, ilha
Qual é o valor?

Senhor, imperecível é o viver
Com o mate que te abre os pulmões
Mas podes respirar no rarejar da ilha
Ilha, ilha

E canto minha terra em aymará
Meu espinhaço ganha em dimensão
E canto minha terra em quechuá
Meu espinhaço ganha em dimensão

E canto e vivo com o mesmo olhar
E canto isso corpo e coração


Autor(es): Bernardo Do Espinhaço

Las canciones más vistas de