Tetê Espíndola

Lamber Correnteza

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


O canto em mim
É prazer de ser água
É um ser que me afaga
Na memória de um rio
É canoa estrada sem fim
Como um peixe sem margem
Nas escamas um sol
Brilha solto e leve a beleza que canta assim
Beija e chora na água
Numa lágrima intensa e só
Amorluz flor e fonte
De uma paz que remei para mim
A lamber correnteza
A sonhar cachoeira e cantar para um rio
Que deságua em mim
E cantar para um mar sem ter fim


Autor(es): Bene Fonteles / Tetê Espíndola

Canciones más vistas de