Lampião Em Prosa E Verso

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

É Virgulino Capitão, o cangaceiro lampião
É Virgulino Capitão, o cangaceiro lampião

O sertão pegava fogo
no tempo de Lampião
A polícia perseguia
Mas não pegava ele não
Padre Cícero milagroso
rezava no Juazeiro
e no sertão brasileiro
Capitão cangaceiro

É Virgulino Capitão, o cangaceiro lampião
É Virgulino Capitão, o cangaceiro lampião

Sua vida de aventuras
sua história também
foi cantada em prosas e versos
por quem conhecia bem
Lampião era poeta
cangaceiro e cantador
tinha Maria Bonita
sua mulher seu amor

É Virgulino Capitão, o cangaceiro lampião
É Virgulino Capitão, o cangaceiro lampião


Autor(es): Luis Wanderley

Las canciones más vistas de

Wilson Simonal en Noviembre