Leilão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Nesse mundo de ninguém
Vale mais quem mais tem
Nesse mundo quem não tem
Não é nada nem ninguém
Pra quem vale o quanto pesa
A balança não despreza
O que o tempo programou

Quem tem um dá um
Quem tem dois dá dois
Quem quer dar que dê agora
Não vá deixar pra depois

É o preço da cabeça
No leilão oficial
Na pancada do martelo
No mercado marginal
Tem que ter pra nascer
Tem que ter pra viver
Tem que ter pra morrer
Tem que ter tem que ter
Tem que ter tem que ter

Quem tem um dá um
Quem tem dois dá dois
Quem quer dar que dê agora
Não vá deixar pra depois


Autor(es): Escurinho