Lado Oposto

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Queria ser inocente
De todos os meus pecados
Queria ser menos humano
E nunca estar errado

Queria ser insensível
Não ter um coração
Queria dizer o que penso
Não ser uma contradição

Mas sou o ódio te ensinando a amar
Eu sou o sono te mandando acordar
Eu sou a frente, o verso, o início, sendo o fim
Você é o erro que dá certo pra mim

Eu sou a morte te ensinando a viver
Eu sou o fogo que vai congelar você
Eu sou o riso que entristece o seu rosto
Eu sou ninguém, eu sou você
Eu sou o lado oposto
Queria ser eterno
Pra não precisar de ninguém
Queria saber o futuro
E tudo o que me convém

Queria ter sido educado
Sem nunca ter feito lição
Queria mudar o passado
E te deixar na solidão

Mas sou o ódio te ensinando a amar
Eu sou o sono te mandando acordar
Eu sou a frente, o verso, o início, sendo o fim
Você é o erro que dá certo pra mim

Eu sou a morte te ensinando a viver
Eu sou o fogo que vai congelar você
Eu sou o riso que entristece o seu rosto
Eu sou ninguém, eu sou você
Eu sou o lado oposto


Ao mesmo tempo rico e tão pobre de princípios
Ao mesmo tempo simples e completo de vazios
Com um visionário cego seguindo meu caminho errado
Enquanto vivo um terço (vou pelo menos tentar)

Mas sou o ódio te ensinando a amar
Eu sou o sono te mandando acordar
Eu sou a frente, o verso, o início, sendo o fim
Você é o erro que dá certo pra mim

Eu sou a morte te ensinando a viver
Eu sou o fogo que vai congelar você
Eu sou o riso que entristece o seu rosto
Eu sou ninguém, eu sou você
Eu sou o lado oposto

Canciones más vistas de

Sugar Kane en Febrero