O Último Número

Limbo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Fazia horas que eu estava ali no limbo
Me lembro quando sua sombra surgiu
Na parede suja do bar
E se postou ali, como quem está disponível

Disposta a tudo nesta aposta do amor
Se ela apostou em mim, ganhou
Se eu apostei nela, perdi
O jogo também foi um jugo
Pra mim que não sei julgar
Perdi tudo e só restaram
Duas marcas na jugular

Só restaram as lembranças dela
As lembranças de lá
Do lugar no limbo onde tudo começou
Onde tudo volta a começar

Se ela apostou em mim, ganhou
Se eu apostei nela, perdi

Ainda ontem ela estava aqui
Entre os meus braços
Ainda ontem eu estava lá
Entre as pernas dela
Então eu a beijei
Eu a deixei partir
Eu a mandei partir
E partiu


Autor(es): Jair Gatto

Canciones más vistas de

O Último Número en Septiembre