Fabio Cadore

Lírios e veredas

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Lírios no além-mar
Fantasiando a forma primeira
E onde está? Onde está?

Gris em contraluz
Completamente finge o poeta
E o que sente? O que sente?

Levantar veredas
E se lançar ao mar
Ir além da dor
Como a espelhar o céu

Nau em furta-cor
Mareando à ventania
Faz refletir no mar
Todo encanto em prosa
Cores e tons

Levantar veredas
E se lançar ao mar
Ir além da dor
Como a espelhar o céu

Vasto amanhecer
Mareando à ventania
Faz refletir no mar
Todo encanto em calmaria

Lírios no além-mar
Que a cada porto espalham raízes
Navegando, navegando

Ventos que ecoam
E vão abrindo eternas veredas
Vão passando, vão passando


Autor(es): Alexandre Cadore / Fábio Cadore