Luiza Possi

Pipoca Contemporânea

Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp


Era noite de nunca mais te ver
Era noite de nem te querer
Era para ser assim
Cê indo embora, ser triste pra mim

É quando areia se espalha que penso em você
Porque o grão se separa sem se arrepender
Saudade só tem quem penso porque
As coisas eram só noite antes de ser

Sou um deserto a me espalhar por qualquer coisa
Qualquer coisa nesse deserto
Sou um deserto a me espalhar por qualquer coisa
Qualquer coisa nesse deserto que é te amar


Writer/s: Fernando Nunes / Mylene