Marcelinho de Lima

Pout Pourri: Estrada da Vida - Seu Amor Ainda é Tudo - A Mais Bonita Das Noites


Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp

(Parte 1)
Nesta longa estrada da vida
Vou correndo e não posso parar
Na esperança de ser campeão
Alcançando o primeiro o lugar
Na esperança de ser campeão
Alcançando o primeiro o lugar

Mas o tempo cercou minha estrada
E o cansaço me dominou
Minhas vistas se escureceram
E o final da corrida chegou (x2)

(Parte 2)
É minha cara, eu mudei minha cara
Mas por dentro eu não mudo
O sentimento não para
A doença não sara
Seu amor ainda é tudo, tudo

Daquele momento até hoje, serei você
Daquele maldito momento até hoje, só você
Eu sei que o culpado de não ter você, sou eu
E esse medo terrível de amar outra vez, é meu

Muito prazer em lhe ver
Você está bonita
Muito elegante, mais jovem, tão cheia de vida
Eu ainda falo de flores, declamo seu nome
Mesmo meus dedos me traem
Disco seu telefone

É minha cara, eu mudei minha cara
Mas por dentro eu não mudo
O sentimento não para
A doença não sara
Seu amor ainda é tudo, tudo

Daquele momento até hoje, serei você
Daquele maldito momento até hoje, só você
Eu sei que o culpado de não ter você, sou eu
E esse medo terrível de amar outra vez, é meu

(Parte 3)
Quero, ô meus Deus como eu quero
Essa mulher comigo
Como eu espero o momento de vê-la chegando
Choro só de imaginar
Impeça o meu coração
Agüente firme, não pare
Não me deixe na mão
Quero, ô meus Deus como eu quero
Abraça-la de novo
E nunca mais dos meus braços
Deixá-la sair
Sem preconceito em ser seu
A mais bonita das noites
Despida assim como a lua
(e o que?)
Te amar e dormir

The most viewed

Marcelinho de Lima songs in January