Luizinho Andanças

Unidos da Tijuca 2015


Print songSend correction to the songSend new songfacebooktwitterwhatsapp

Tá na hora do show começar
O tempo não para e nem vai parar
Brasil e suíça eu canto assim
Tijuca querida este amor não tem fim

Pode o tempo passar
Que o brilho no olhar não vai se perder
Contam que toda a magia
Na fantasia vai desfilar
No amanhecer medieval,
Um cavaleiro entre os dragões
Na luta do bem contra o mal
Correr pelos montes, cruzar os cantões
Unidos nós seremos bem mais muito mais
Uma flecha e a busca da paz
Há um anjo que vai nos guiar
Atravessar a ponte o meu ideal
O gelo é o gigante imortal

O que posso inventar? Ôôô
Numa caixa guardar o bailar, o valor
Relativo não sou, porque vivo a sonhar
Com você meu amor... (tijuca, tijuca)

Marca o nascer de uma vida
A precisão do meu samba
Sempre correndo feito irmãos
Lá na parede ou perto das mãos
Bandeiras se enlaçam momento de ver
No alvorecer de um jogo encantado
Na ponta do lápis um sol e o céu
No albor do papel um conto marcado
Guardar a moradia do meu santo pai
Beber da fonte que descendo
Vai deliciar a vida de prazer
Meu samba é pura arte
E dá um chocolate pra você


Writer/s: Dudu / Julio Alves / Márcio André Filho / Totonho

The most viewed

Luizinho Andanças songs in January